Nasce Uma Estrela – Leia a Crítica!

Jackson Maine (Bradley Cooper) é um cantor no auge da fama. Um dia, após deixar uma apresentação, ele para em um bar para beber algo. É quando conhece Ally (Lady Gaga), uma insegura cantora que ganha a vida trabalhando em um restaurante. Jackson se encanta pela mulher e seu talento, decidindo acolhê-la debaixo de suas asas. Ao mesmo tempo em que Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool.

Como uma mesma história pode ser contada quatro vezes no cinema e fazer tanto sucesso? A trama de “Nasce Uma Estrela” já é bem conhecida para os mais aprofundados na sétima arte. A primeira vez foi contada em 1937 e na época estrelada por Janet Gaynor. Depois foi a vez de Judy Garland viver a personagem principal em 1954. Barbra Streisand e Kris Kristofferson trabalharam juntos na versão de 1977. Agora o filme chega com uma nova roupagem tendo os atores Bradley Cooper e Lady Gaga vivendo o par romântico de cantores numa história que apesar de repetitiva, acabo sendo aclamada pela crítica e indicada a nove oscars, entre eles melhor filme, ator, atriz e roteiro adaptado.

O fato é que esta nova versão é sem dúvida a melhor de todas e merece ser vista com um olhar mais crítico já que não traz apenas uma boa história de amor. O filme tem ótimos elementos que fazem jus a todas as indicações que recebeu. A começar pela ótima trilha sonora composta de canções marcantes e com letras que tem tudo a ver com a trama. E são essas músicas que embalam a premissa que a princípio parece que vai trazer “mais do mesmo”, mas acaba nos dando boas reviravoltas num roteiro bonito, bem contado e ao mesmo tempo triste. Sim, o filme provavelmente vai te fazer chorar.

Mas é claro que de nada adianta uma boa história se ela não é bem dirigida e interpretada. E nesse caso méritos totais dos atores Lady Gaga e Bradley Cooper, que também assina a direção. Os dois estão simplesmente fantásticos em suas interpretações e possuem uma química muito boa, sempre nos convencendo que se amam acima de tudo. Gaga que já havia vencido o Globo de Ouro por seu trabalho em American Horror Story, agora prova de vez que além de ser uma excelente cantora é uma ótima atriz. Bradley não fica atrás e nos dá um personagem sofrido e cansado do sucesso, que se afunda no mundo da bebida e das drogas, até conhecer o amor da vida dele. Até a voz do personagem dele no filme é convincente.

Nasce uma estrela ainda tem uma boa fotografia e uma boa atuação do veterano Sam Elliot. É sem dúvida um filme que vai te emocionar e te satisfazer, apesar de em alguns momentos ser óbvio.

Nota 8