Ford Vs Ferrari – Leia a Crítica

Quando um filme é baseado em fatos reais, sempre digo que são grandes as chances de assistirmos algo bom. E Ford Vs Ferrari é uma dessas produções.

O longa nos conta a incrível história do visionário designer automotivo americano Carroll Shelby (Matt Damon) e do destemido piloto britânico Ken Miles (Christian Bale). Juntos, eles lutaram contra o domínio corporativo, as leis da física e seus próprios demônios pessoais para construir um carro de corrida revolucionário para a Ford Motor Company, assumir o controle das pistas e derrotar os carros dominantes de Enzo Ferrari, nas 24 Horas de Le Mans, na França em 1966.

Sou apaixonado por corridas de carros e quando se fala em modelos clássicos a paixão é maior ainda. Plasticamente falando o filme já é brilhante pois nos mostra estes veículos tão marcantes disputando provas famosas, especialmente as 24 Horas de Le Mans. Os efeitos visuais, a fotografia com uma paleta de cores extremamente agradável e a boa trilha sonora que ajuda a nós empolgar nessas disputas são fascinantes.

Mas Ford Vs Ferrari é muito mais que provas de corridas. Tem um roteiro muito atrativo que mostra o sonho em comum de duas pessoas extremamente talentosas nas pistas mas com personalidades muito diferentes. E isso talvez seja o que mais chama a atenção do público que durante a projeção aprende a gostar desses dois personagens.

E pra que a história verídica desses dois loucos pela velocidade desse um bom resultado nas telonas era fundamental a boa escolha dos atores que os interpretaram. E isso deu muito certo com Matt Damon e Christian Bale. Os dois têm uma química incrível nesta produção e fazem atuações impressionantes, especialmente Bale que faz de Ken Miles um personagem ranzinza, nervoso, sonhador, desafiador, mal humorado, bom pai e marido, talentoso e outras inúmeras características. E Bale fez isso tudo com maestria e sem ter muita referência do piloto já que não existem muitos registros dele em vídeos.

Com certeza entre os indicados ao Oscar 2020, Ford Vs Ferrari é um dos meus prediletos.

Nota 9