Deadpool 2 – Leia a Crítica

O primeiro filme do mercenário mais doidão da Marvel já foi um sucesso. E tudo porque a Fox conseguiu consertar o erro que cometeu ao introduzir em 2009 o personagem de forma catastrófica em X-Men Origens: Wolverine. Com um filme solo que foi lançado em 2016, Deadpool caiu no gosto de quem ama os filmes de super-heróis e até mesmo aqueles que apenas querem ver apenas um bom filme de ação misturado a muita zoeira. Não que o filme original seja perfeito, mas é diversão garantida.

E pra felicidade geral dos nerds e geeks de plantão, dois anos se passaram e eis que surge uma continuação que surpreende bastante trazendo uma trama mais consistente e que supera o longa anterior. Quando o super soldado Cable (Josh Brolin) chega em uma missão para assassinar o jovem mutante Russel (Julian Dennison), o mercenário Deadpool (Ryan Reynolds) precisa aprender o que é ser herói de verdade para salvá-lo. Para isso, ele recruta seu velho amigo Colossus e forma o novo grupo X-Force, sempre com o apoio do fiel escudeiro Dopinder (Karan Soni).

Com novos personagens, os membros bem engraçados do X-Force (plágio dos X-Men), Deadpool está cada vez mais engraçado e claro, bastante violento também. Tanto que a classificação etária do longa chegou a ser de 18 anos em vários países. A história é bem interessante e tirando a parte cômica da narrativa, o filme nos traz mensagens legais como o trabalho em equipe, a valorização da amizade, a perda de pessoas queridas e a superação de momentos difíceis. É claro que tudo isso é mostrado de uma forma bastante extrovertida no longa, como não poderia deixar de ser, afinal estamos falando de Deadpool.

Ryan Reynolds está cada vez melhor no papel e faz um trabalho muito bom encarnando o personagem. E ele está tão à vontade na pele de Wade que é justamente nas cenas pós- créditos que talvez tenhamos os melhores momentos cômicos do filme. Ah se eu pudesse comentar aqui com vocês!

O filme ainda tem uma excelente trilha sonora e uma boa direção que nos traz cenas incríveis com muita ação. Os efeitos especiais também agradam bastante, mas infelizmente em algumas cenas como na luta de dois personagens “bem grandes” temos a impressão de estar vendo dois bonecões brigando na tela.

De qualquer forma, Deadpool 2 é mais um acerto da Fox que já deu tantas derrapadas anteriormente com os personagens da Marvel. E que continue assim!

Nota 8